EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Variante Ómicron prestes a dominar em Londres

Variante Ómicron prestes a dominar em Londres
Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  Ricardo Figueira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Governo britânico alerta que a nova variante do Sars-Vov2 poderá ser dominante na capital em 48h.

Reino Unido

PUBLICIDADE

O governo britânico teme que a variante Ómicron do vírus Sars-Cov2, considerada mais resistente às vacinas, se torne dominante na cidade de Londres. Nos centros de vacinação no Reino Unido, as filas para conseguir a dose de reforço da vacina anticovid aumentam, depois de o governo ter dado o fim do mês como meta para que todos os adultos tenham conseguido levar esta dose ou, pelo menos, agendado.

"Enquanto a Ómicron representa mais de 20 por cento dos casos em Inglaterra, vimo-la já subir para 44% em Londres e prevemos que se torne na variante de Covid-19 dominante na capital nas próximas 48 horas", disse no Parlamento o ministro da Saúde, Sajid Javid.

Noruega

A nova variante do vírus está a tomar proporções preocupantes. Esta segunda-feira, o país anunciou 958 casos de Ómicron, dos quais cerca de metade na capital, Oslo.

Esta semana, entram em vigor novas medidas, como a obrigatoriedade do teletrabalho quando é possível, a proibição de venda de álcool nos bares e restaurantes e a imposição de regras mais rígidas nas escolas. Estas medidas devem manter-se durante quatro semanas.

Dinamarca

O segundo país do mundo em casos confirmados de Ómicron, logo atrás do Reino Unido, está a acelerar o programa de vacinação, para que todos acima dos 40 anos recebam a dose de reforço.

China

O país onde a pandemia começou deu a conhecer uma primeira deteção da Ómicron. O primeiro caso confirmado da nova variante apareceu na cidade de Tianjin, no norte do país. Trata-se de uma pessoa que regressou do estrangeiro. O país redobra as precauções, a dois meses de receber os Jogos Olímpicos de Inverno em Pequim.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Reino Unido acaba com todas as restrições anticovid

Eleitores britânicos vão escolher um novo governo esta quinta-feira

Eleições no Reino Unido: Partido Trabalhista quer acabar com o plano de Ruanda