Duas dezenas de menores morrem em discoteca na África do Sul

Habitantes de East London choram a morte de 21 jovens
Habitantes de East London choram a morte de 21 jovens Direitos de autor ZAMA MACINGWANE
De  Nara Madeira com AFP, AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A polícia sul-africana está a investigar a morte de, pelo menos, 21 jovens, na sua maioria menores de 13 anos, numa discoteca.

PUBLICIDADE

A polícia sul-africana está a investigar a morte de, pelo menos, 21 jovens, na sua maioria menores de 13 anos mas todos com idades até aos 17, numa discoteca na cidade costeira de East London, no domingo.

Não é claro o que provocou estes falecimentos, um jornal local reportava não haver quaisquer sinais visíveis de ferimentos nos corpos, encontrados espalhados neste espaço de diversão. As autoridades locais afirmavam que tentarão realizar autópsias, "o mais rapidamente possível para estabelecer a causa provável das mortes". Questiona-se também o facto de menores de idade estarem numa discoteca e beber álcool.

O proprietário do estabelecimento afirmou, aos meios de comunicação, que este estava demasiado cheio e que havia pessoas a tentar forçar a entrada.

Os jovens estariam, supostamente, a participar numa festa para celebrar o fim dos exames escolares de inverno.

Editor de vídeo • Nara Madeira

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

80 homens em tribunal na África do Sul

Dois tiroteios em bares na Á´frica do Sul

Autocarro cai de uma ponte na África do Sul e mata 45 pessoas