EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Primeiro dia do Grand Slam de Tbilíssi

Judocas com as suas medalhas
Judocas com as suas medalhas Direitos de autor FIJ/Tamara Kulumbegashvili
Direitos de autor FIJ/Tamara Kulumbegashvili
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Judocas da casa falham finais neste primeiro dia do torneio.

PUBLICIDADE

O judo regressou à terra dos Campeões, a Geórgia, para o primeiro dia do que promete ser um evento emocionante do Grand Slam. Como todos os anos, os georgianos, loucos por judo, lotaram o estádio e aplaudiram ao seu estilo.

-48 kg femininos

 Houve uma final totalmente sérvia, com Milica Nikolić a ganhar por uma pequena margem à jovem Andrea Stojadinov. O diretor desportivo da Federação Internacional de Judo (FIJ), Vladimir Barta, entregou as medalhas.

-60 kg masculinos

Turan Bayramov, do Azerbaijão, esmagou as esperanças georgianas de uma medalha de ouro ao derrotar Giorgi Sardalashvili com um ataque espantoso e pouco ortodoxo. Shengeli Pitskhelauri, chefe-adjunto do Serviço de Segurança do Estado da Geórgia, entregou as medalhas.

-52 kg femininos

o talismã do Uzbequistão Diyora Keldiyorova teve uma das maiores vitórias da sua carreira, lançando a campeã olímpica de -48 kg, Distria Krasniqi,do Kosovo, não uma, mas duas vezes ao tapete, com as suas típicas técnicas de projeção e estilo de ataque. Recebeu a medalha da mão de Michael Tamura, diretor desportivo da FIJ.

"Este é o resultado do trabalho técnico e tático que fiz com os meus treinadores, derrotando a campeã olímpica, este é para mim um grande passo em frente e mais um passo em direção aos meus sonhos", disse a judoca.

-66 kg masculinos

Kubanychbek Aibek Uulu colocou  o judo do Quirguistão no mapa, com um desempenho excecional. Com um bom trabalho de pés, frente a Baskhuu Yondonperenlei, da Mongólia, tornou-se no primeiro medalhista de ouro do seu país, num Grand Slam. As medalhas foram entregues pelo diretor de Educação e Treino da FIJ, Mohammed Meridja.

No final do combate, o vencedor disse aos jornalistas: "Eu e a minha equipa estamos muito felizes e vamos celebrar hoje. Mas a partir de amanhã vou treinar novamente e na próxima semana vou competir novamente no tatami. Gostaria também de expressar a minha gratidão aos meus pais, eles estão sempre a apoiar-me e a ver-me em casa na televisão".

-57 kg femininos

A sérvia Marica Perišić derrotou outra campeã olímpica kosovar, Nora Gjakova. Foi galardoada com a medalha de ouro pelo diretor de arbitragem da FIJ, Florin Daniel Lascau.

Os atletas georgianos têm a sua própria marca de judo. Embora Vazha Margvelashvili, medalha de prata olímpica, não tenha chegado à final, deu à multidão em casa tudo o que queria - Ippons explosivos, exibindo o verdadeiro poder georgiano. Não perca os próximos 2 dias deste evento do Grand Slam.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Judo: Lendas estiveram à altura no último dia do Grand Slam de Tiblíssi

Dia 2 do Grand Slam de Judo: despedida de uma lenda da Geórgia

Judoca da casa brilha no Grand Slam de Tbilíssi