Papa Francisco pede que se evitem mais tragédias como o naufrágio ao largo da Grécia

Papa Francisco fez primeira aparição pública após uma operação a uma hérnia abdominal.
Papa Francisco fez primeira aparição pública após uma operação a uma hérnia abdominal. Direitos de autor Andrew Medichini/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Sumo Pontífice celebrou a missa dominical no Vaticano, dois dias depois de ter tido alta hospitalar. Também condenou o ataque terrorista no Uganda.

PUBLICIDADE

O Papa Francisco pediu, este domingo, que se evitem mais tragédias como a do barco pesqueiro que navegou ao largo da costa grega na semana passada. 

O Sumo Pontífice celebrou a missa dominical no Vaticano, dois dias depois de ter tido alta hospitalar.

Na primeira aparição pública após uma operação a uma hérnia abdominal também lembrou que terça-feira se assinala o Dia Mundial do Refugiado.

Condenou ainda o ataque terrorista contra uma escola secundária no Uganda.

Pelo menos 41 pessoas morreram no ataque levado a cabo por militantes ligados ao Estado Islâmico. De acordo com as autoridades locais, 38 das 41 vítimas são estudantes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Provedora de Justiça Europeia investiga ação da Frontex no naufrágio na Grécia

Itália: comunidade LGBTQIA+ contra posição do Vaticano sobre mudança de sexo e barriga de aluguer

Vaticano condena cirurgia de mudança de sexo e barriga de aluguer