EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Configuração e materiais do Titan postos em causa

Submergível Titan (arquivo)
Submergível Titan (arquivo) Direitos de autor AP/OceanGate Expeditions
Direitos de autor AP/OceanGate Expeditions
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Especialistas destacam comprimento e espessura do casco do submergível de turismo, bem como utilização de materiais compósitos e falta de homologação

PUBLICIDADE

A configuração e materiais do Titan poderão estar por trás da trágica implosão do submergível que levava cinco passageiros em visita aos destroços do Titanic, no Atlântico Norte.

Pelo menos, esta é a opinião de vários especialistas, que destacam nomeadamente o alongamento do casco, feito para permitir um espaço maior para transportar mais clientes.

Jasper Graham-Jones, Engenheiro Mecânico e Naval:"Também o fizeram com compósitos, quando normalmente o casco é feito de titânio. Este foi feito com compósitos. Sim, um compósito é extremamente resistente e extremamente duradouro. Mas há problemas com compósitos e com o facto de falharem de formas ligeiramente distintas de outros materiais."

A espessura do casco também é posta em causa. Com cinco polegadas - cerca de 13 centímetros -, muitos consideram "muito pouco" face às pressões a que esteve submetido o Titan. E o submergível não tinha qualquer tipo de homologação.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Centenas de residentes em Veneza manifestam-se contra “taxa de entrada” para turistas

Taxa turística de dormida em Lisboa vai duplicar

Processo de António Costa desce do Supremo para o DCIAP