EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Zelenskyy desapontado com a NATO

Zelenskyy desapontado com a NATO
Zelenskyy desapontado com a NATO Direitos de autor Adrian Wyld/AP
Direitos de autor Adrian Wyld/AP
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Líder ucraniano esperava um convite para aderir à Aliança Atlântica durante a cimeira de Vílnius

PUBLICIDADE

A Cimeira da NATO começou sob o signo da união mas não demorou muito tempo até os sorrisos darem lugar à tensão em Vílnius. O apoio à Ucrânia é unânime, a entrada na aliança atlântica também... mas não para já. Volodymyr Zelenskyy começou o dia a criticar a falta de calendarização para a adesão ucraniana mas Jens Stoltenberg, entre promessas de mais ajuda militar, deixou claro que a decisão pertencia aos aliados:

"Reafirmámos que a Ucrânia se tornará membro da NATO e acordámos em suprimir a exigência de um Plano de Ação para a Adesão. Deste modo, a via de adesão da Ucrânia passaria de um processo em duas etapas para um processo de uma só etapa. Também deixámos claro que faremos um convite à Ucrânia para aderir à NATO quando tudo estiver acordado e as condições estiverem preenchidas."

O Presidente ucraniano foi convidado especial na Cimeira, foi recebido como um herói na Lituânia mas não conseguiu esconder o desapontamento pela magra oferta da NATO.

Esta quarta-feira, os 31 Estados-membros voltam a reunir-se e a Ucrânia será novamente o prato forte do menu mas é pouco provável que seja possível chegar a um consenso na capital lituana.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy demite embaixador no Reino Unido

Falta de compromisso da NATO desilude Presidente ucraniano

Lituanos voltam às urnas para a segunda volta das eleições presidenciais