EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Possível incursão através do Dnipro na região de Kherson

Oleksandra Vakulina
Oleksandra Vakulina Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Oleksandra Vakulina
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Informação é avançada no último relatório do Instituto para o Estudo da Guerra

PUBLICIDADE

Segundo o Instituto para o Estudo da Guerra "as forças ucranianas parecem ter conduzido um ataque limitado no rio Dnipro e desembarcado na margem leste da região de Kherson". As autoridades ucranianas dizem que o ataque relatado "não foi confirmado" pelo Estado-Maior dos militares nesta fase.

Vários bloggers russos que escrevem sobre a guerra, relataram que as forças ucranianas desembarcaram até sete barcos na margem leste do Dnipro, perto da aldeia ocupada pelos russos de Kozachi Laheri, romperam as linhas defensivas russas e avançaram até 800 metros. 

Os dados disponíveis pela NASA Fire Information for Resource Management System (FIRMS), nas últimas 24 horas, sobre esta área, parecem confirmar que houve um combate significativo, provavelmente precedido ou acompanhado por fogo de artilharia.

A administração indicada por Moscovo das partes ocupadas da região de Kherson minimizou os relatos do desembarque ucraniano e afirmou que o fogo da artilharia russa repeliu os barcos ucranianos e que não há tropas ucranianas na área.

No entanto, a maioria dos bloggers russos escrevem sobre a guerra afirmaram que as forças ucranianas conseguiram utilizar a surpresa tática.

O Instituto para o Estudo da Guerra diz que as forças ucranianas estão presentes na margem leste, embora ainda não esteja claro se estabeleceram uma presença duradoura.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Stoltenberg pede a membros da NATO que reconsiderem limites no envio de armas para a Ucrânia

Ataque aéreo a Kharkiv faz pelo menos sete mortos. Zelenskyy condena brutalidade russa

Rússia captura aldeia na região de Donetsk