EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Jogos Olímpicos preocupam vendedores de livros nas margens do Sena

Modelo de negócio tem história que remonta ao século XVI.
Modelo de negócio tem história que remonta ao século XVI. Direitos de autor Thibault Camus/Copyright 2019 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Thibault Camus/Copyright 2019 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Autoridades temem que caixas onde expõem os livros possam ser usadas para esconder explosivos

PUBLICIDADE

Nas margens do rio Sena, em Paris, os tradicionais bouquinistes, que é como quem diz vendedores de livros, estão preocupados com os Jogos Olímpicos do próximo ano.

A polícia ordenou a retirada das caixas à beira do rio, algumas centenárias, antes do Dia D, 26 de julho.

As autoridades temem que possam ser usadas para esconder explosivos.

Os livreiros entendem que é quase como dizer "que a Torre Eiffel é demasiado alta e que é preciso remover os andares superiores porque entram no ângulo das câmaras durante a cerimónia."

Este é um modelo de negócio com uma história que remonta ao século XVI.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

VivaTech 2024: Inteligência artificial é o centro das atenções na feira anual de tecnologia francesa

Xi e Macron despedem-se nos Pirenéus

A importância da cibersegurança nos Jogos Olímpicos de Paris