EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Polónia inclina-se para a esquerda liberal em eleições com elevado nível de participação

Membros do Partido Lei e Justiça na Polónia
Membros do Partido Lei e Justiça na Polónia Direitos de autor WOJTEK RADWANSKI/AFP
Direitos de autor WOJTEK RADWANSKI/AFP
De  Patricia Tavares
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Donald Tusk declarou uma nova era no país.

PUBLICIDADE

A Polónia parece estar a inclinar-se para a esquerda liberal, com três partidos da oposição que parecem ter obtido votos suficientes para destituir o partido nacionalista conservador no poder. Inesperadamente, a Terceira Via – uma das vitoriosas – vê-se como intermediária de um novo capítulo na política polaca.

O partido no poder, Lei e Justiça, teve o maior número de votos e deverá ter prioridade na formação do governo, mas os partidos da oposição já fazem apelos ao presidente para que ignore essa formalidade.

Três partidos da oposição, a Coligação Cívica de Donald Tusk, a Terceira Via e a Nova Esquerda, fizeram candidaturas separadas, mas com a mesma promessa de derrotar o Lei e Justiça. Donald Tusk disse que uma nova era está a começar na Polónia e que pretende reparar as relações tensas com a União Europeia.

Os eleitores dos partidos conservadores não saíram às ruas de Varsóvia porque o resultado foi pior do que o esperado, no entanto, os ativistas liberais não esconderam a satisfação.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Milhares de polacos marcharam contra o aborto em Varsóvia

Novo governo polaco traz esperança à comunidade LGBT

Polónia: transição ecológica elimina a pouco e pouco mineração e obriga setor a reinventar-se