Macron promete "apoio excecional" para regiões afetadas pelas cheias

Inundações em Pas-de-Calais
Inundações em Pas-de-Calais Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O presidente francês esteve esta terça-feira no departamento de Pas-de-Calais.

PUBLICIDADE

O presidente francês prometeu esta terça-feira, durante uma deslocação a Pas-de-Calais, um "fundo de apoio" de 50 milhões de euros para ajudar o departamento devastado por vários dias de chuvas e inundações. Outro "fundo de apoio excecional" será lançado para os agricultores, incluindo os da Bretanha e da Normandia.

" A nossa solidariedade e o nosso apoio traduzir-se-ão na classificação de todos os municípios que solicitaram a ajuda para catástrofe natural. Há 214 no departamento e cerca de trinta no Norte. Obviamente, vamos ativar o dispositivo que criámos há alguns meses para "calamidades agrícolas", o que permitirá acompanhar e indemnizar", garantiu o presidente.

Muitos agricultores viram os seus campos transformados em vastas extensões de água. Alguns acreditam que estas inundações devastadoras poderiam ter sido evitadas. Um deles, Raphaël Delamaere, tem a 60% da colheita debaixo de água. “Há Pontes e áreas de escoamento que não são mantidas e bombas com capacidade insuficiente. Todo o sistema precisa de ser revisto. Estamos num interior que mudou, uma zona que mudou significativamente, e com um clima que mudou", afirmou. 

De acordo com as autoridades do departamento, 5 mil casas foram afetadas pelas inundações "excecionais" e "1.400 pessoas tiveram de deixar as casas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Agricultores franceses mantêm protestos apesar de novas medidas do governo

Praias de desembarque do Dia D podem ser consideradas Património Mundial da UNESCO

Macron anuncia apoio de três mil milhões de euros à Ucrânia durante visita de Zelenskyy a Paris