EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

UE prestes a acordar diretiva sobre violência contra as mulheres

Manifestantes marcham para celebrar o Dia Internacional da Mulher, em Roma, Itália, a 8 de março de 2022.
Manifestantes marcham para celebrar o Dia Internacional da Mulher, em Roma, Itália, a 8 de março de 2022. Direitos de autor Andrew Medichini/Copyright 2022 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Andrew Medichini/Copyright 2022 The AP. All rights reserved.
De  Verónica Romano
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Reunião de ministros da União Europeia em Espanha, esta sexta-feira, fez parte da fase final de negociações para a redação da lei.

PUBLICIDADE

Os ministros da Igualdade da União Europeia tentam chegar a acordo sobre uma futura diretiva da violência contra as mulheres.

A reunião informal desta sexta-feira, na cidade de Pamplona, em Espanha - no âmbito da Presidência espanhola do Conselho da UE -, fez parte da fase final das negociações para a redação da lei.

"A violência contra as mulheres é uma das violações de direitos humanos mais graves e comuns cometidas na nossa sociedade", disse Ana Redondo, ministra espanhola da Igualdade.

"A violência sexual, o tráfico de mulheres, a violência no contexto de casal ou ex-casal, o casamento forçado, a mutilação genital feminina, entre outras, são manifestações de violência contra as mulheres pelo simples facto de serem mulheres", explicou.

A mensagem de Ana Redondo foi reforçada por uma manifestação na capital da União Europeia, Bruxelas. Dezenas de mulheres protestaram contra a violência doméstica esta sexta-feira.

Estão marcadas manifestações semelhantes por todo o mundo para este sábado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Milhares de pessoas em todo o mundo exigem fim da violência de género

Festa de San Fermin: sete corredores hospitalizados no penúltimo dia da corrida de touros

Final do Euro 2024: Espanha em busca do quarto título. Inglaterra à procura do primeiro