Suíça vai realizar cimeira para a paz na Ucrânia a pedido de Zelenskyy

Zelenskyy com a presidente suíça em Berna
Zelenskyy com a presidente suíça em Berna Direitos de autor Alessandro della Valle/' KEYSTONE / ALESSANDRO DELLA VALLE
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Chefe de Estado ucraniano reuniu-se com a presidente suíça em Berna, antes de participar no Fórum Económico Mundial em Davos

PUBLICIDADE

A Suíça vai ser anfitriã de uma cimeira global de paz para a Ucrânia, a pedido do presidente Volodymyr Zelenskyy. O acordo para a realização do evento foi alcançado durante uma visita oficial do chefe de Estado ucraniano a Berna, capital suíça, onde foi recebido pela presidente Viola Amherd.

"Estou grato à presidente e sua equipa pelo acordo alcançado para que as nossas equipas comecem a preparar amanhã, ao mais alto nível, a cimeira global de paz", disse Zelenskyy.

"Queremos uma cimeira de base alargada com tantos países quantos for possível, para que sejamos bem-sucedidos", acrescentou a presidente suíça.

Conhecida pela neutralidade, a nação helvética poderá atuar como um fiel da balança entre Moscovo e Kiev.

Zelenskyy esteve em Berna antes de participar, esta terça-feira, no Fórum Económico Mundial de Davos, onde representantes ucranianos já debateram a fórmula de Kiev para a paz - mesmo sem a presença da delegação chinesa.

Os conselheiros de segurança de 83 países participaram na discussão do plano de paz ucraniano que detalha os termos da Ucrânia para o fim do conflito com a Rússia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mais países nas negociações sobre a Fórmula de Paz para a Ucrânia, mas falta a China

EUA em vias de assinar acordo de segurança com a Ucrânia

Soldados ucranianos na linha da frente: quando não há vida além da guerra