Três mortos em ataques russos a várias cidades ucranianas

Guerra na Ucrânia
Guerra na Ucrânia Direitos de autor Efrem Lukatsky/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na região de Donetsk, 122 pessoas foram retiradas da linha da frente, incluindo 23 crianças.

PUBLICIDADE

Três pessoas foram mortas e pelo menos 18 ficaram feridas por bombardeamentos russos, nas últimas horas, em várias regiões da Ucrânia.

A Rússia lançou 19 drones de ataque e a Força Aérea Ucraniana afirmou ter abatido 13.

A região de Donetsk continua a ser um dos principais alvos do Kremlin. Pelo menos quatro ataques atingiram uma área que fica muito perto do centro da cidade de Kramatorsk, que é um importante centro de comunicações e um refúgio para os soldados ucranianos que lutam na linha da frente em Donbass. 

Os bombardeamentos russos danificaram vários edifícios administrativos e blocos de apartamentos em Druzhkivka.

Segundo a administração militar da região, 122 pessoas foram retiradas da linha da frente, incluindo 23 crianças.

Do lado da Rússia, o Ministro da Defesa anunciou o controlo da aldeia de Krynki, na região de Kherson. As Forças de Defesa do Sul da Ucrânia negaram a informação, qualificando-a de manipulação, e não houve comentários no briefing matinal do Estado-Maior.

Entretanto, o Presidente Vladimir Putin entregou prémios militares às tropas da aviação durante uma cerimónia no aeródromo de Chkalovsky, na região de Moscovo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Aulas num bunker: Kharkiv vai abrir escolas subterrâneas para centenas de alunos

Rússia declara correspondente da BBC de “agente estrangeiro”

Ninhada de cachorrinhos salva de incêndio na Ucrânia