EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Mais de 11 mil anos de prisão para fundador de empresa de criptomoedas

Faruk Fatih Özer
Faruk Fatih Özer Direitos de autor Anadolu
Direitos de autor Anadolu
De  Doloresz Katanich
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

Faruk Fatih Özer, diretor executivo da Thodex, uma empresa de criptomoedas turca que entrou em colapso, foi condenado a 11 196 anos de prisão na quinta-feira.

PUBLICIDADE

O líder de uma das maiores empresas de criptomoedas da Turquia, Thodex, foi condenado a 11 196 anos, 10 meses e 15 dias de prisão por ter roubado 2 mil milhões de dólares aos seus clientes.

Para comparação, a última era glacial terminou há cerca de 11 mil anos.

Thodex era uma das maiores empresas de criptografia da Turquia antes de ficar offline repentinamente em abril de 2021 e de Özer desaparecer. Mais de 400 mil membros ficaram sem acesso ao seu dinheiro: um total de 2 mil milhões de dólares em criptomoedas.

Özer era suspeito de ter fugido da Turquia e depois de a Interpol emitir um aviso vermelho, foi preso na Albânia no ano passado.

O aviso alegava que Özer agiu com intenção fraudulenta desde o início e que a Thodex era uma organização criminosa.

O colapso da Thodex provocou ondas de choque em toda a Turquia, onde as criptomoedas eram amplamente utilizadas para proteger as poupanças da inflação altíssima e da desvalorização acentuada da lira.

Ao proferir o veredicto na noite de quinta-feira, o tribunal de Istambul condenou Özer por várias acusações, incluindo fraude, liderança de uma organização criminosa e lavagem de dinheiro. Os seus dois irmãos também foram condenados a penas de prisão.

Uma pena de prisão de vários milénios pode ser uma surpresa para alguns, mas é bastante comum na Turquia.

Em 2016, Fethullah Gülen, líder de um movimento social e religioso e adversário do Presidente Recep Tayyip Erdoğan, foi condenado a 1900 anos de prisão por, alegadamente, ter organizado um golpe de Estado falhado.

Seis anos mais tarde, o líder de um culto, Adnan Oktar, que foi condenado por uma série de crimes, incluindo agressões sexuais, apanhou mais de 8.600 anos de prisão.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Em que país europeu é que as pessoas investem mais em criptomoedas?

Produtores de champanhe votam a favor de colheitas mais pequenas, com vendas em queda

Como a falha global da Microsoft está a afetar as empresas em todo o mundo