Biliões do Dia dos Namorados: O caso de amor eterno das empresas com o 14 de fevereiro

Biliões do Dia dos Namorados: O caso de amor eterno das empresas com o 14 de fevereiro
Direitos de autor euronews
De  Euronews
Partilhe esta notícia
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Muitas das grandes marcas estão posicionadas para lucrar com o Dia dos Namorados. Há centenas de anos que esta tradição ancestral é celebrada de várias formas em todos os continentes.

PUBLICIDADE

Neste episódio de The Exchange, centramo-nos no negócio multibilionário do Dia dos Namorados. Fevereiro tem sido o mês do amor desde o séculoXIV, mas a tecnologia está a transformar o negócio do romance. O presidente europeu do grupo hoteleiro de luxo Four Seasons Adrian Messerli explica como as grandes marcas estão a atrair os clientes, combinando antigas tradições com as mais recentes inovações digitais.

O negócio do romance está em expansão

De acordo com a empresa de estudos IPSOS MORI mais de metade dos adultos com um parceiro (55 por cento) tenciona celebrar o Dia dos Namorados. Este dia especial é mais popular nos Estados Unidos, onde três quartos (75 por cento) de todos os casais o festejam normalmente. Todo este entusiasmo traduz-se em enormes montantes de dinheiro. O negócio do amor também está a crescer na Europa. Mais de metade dos casais (51 por cento) no Reino Unido, em França e em Espanha também costumam aderir às compras e às celebrações. 

Fonte: https://www.ipsos.com/sites/default/files/ct/news/documents/2022-02/Valentines-Day-around-the-world-2022%20.pdf

Partilhe esta notícia