EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Caricaturistas do Quénia e da Malásia vencem prémio Cartoon para a paz

Caricaturistas do Quénia e da Malásia vencem prémio Cartoon para a paz
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Os caricaturistas Gado, do Quénia, e Zunar, da Malásia, venceram o prémio Cartoon para a paz. O galardão recompensa desenhadores que defendem a

PUBLICIDADE

Os caricaturistas Gado, do Quénia, e Zunar, da Malásia, venceram o prémio Cartoon para a paz.

O galardão recompensa desenhadores que defendem a liberdade de expressão.

As distinções foram entregues em Genebra, por Kofi Annan, presidente honorário da Fundação Suíça Cartooning for Peace.

“Fico sempre maravilhado perante o talento criativo dos artistas que com uma só imagem conseguem captar os paradoxos, o absurdo as injustiças e os problemas complexos, de forma mais eficaz do que centenas de discursos. Artistas como Gado Zunar arriscam a vida para dizer a verdade aos poderosos e merecem todo o nosso reconhecimento, o que pode, felizmente, contribuir para que eles sejam protegidos”, disse o antigo secretário-geral da ONU.

“É um grande incentivo porque temos pessoas que nos apoiam e reconhecem o nosso esforço. É uma fonte de motivação para eu continuar o meu trabalho” afirmou Gado.

Até há pouco tempo Gado trabalhava para o Daily Nation em Nairobi, um dos jornais mais importantes de África Central e de Leste.

“Em muitos países africanos o espaço dos meios de comunicação social tem vindo a diminuir. O desafio é proteger esse espaço”, acrescentou o desenhador.

Zunar é o cartoonista mais célebre da Malásia mas arrisca-se a passar vários anos na prisão por por denunciar a corrupção através dos seus desenhos. Apesar de ter recebido vários prémios internacionais, o desenhador malaio deixou de ser publicado nos jornais mais importantes do país.

“Este prémio é muito importante para mim, porque pode exercer pressão sobre o governo da Malásia e pode abrir os olhos da comunidade internacional em relação ao meu caso e em relação às ameaças à liberdade de expressão e aos direitos humanos na Malásia”, disse Zunar.

As obras dos artistas premiados encontram-se expostas nas ruas de Genebra, ao longo do cais do lago Lemano. São cerca de cem desenhos que mostram a visão dos cartoonistas sobre uma grande variedade de temas como a segurança, o ambiente e as migrações.

A exposição pode ser visitada em Genebra até 4 de junho.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Estilista saudita Reem al Kanhal reinventa vestidos árabes tradicionais

Banda sonora da Guerra das Estrelas em 3D

Novas séries de televisão apresentadas no Festival de Monte Carlo