De França para a Maurícia

De França para a Maurícia
Direitos de autor  euronews
De  Gorkem Sifael

O francês Pierre-Yves, e a mulher Marianne, decidiram mudar-se para a ilha Maurícia, no Oceano Índico devido a um mero acaso. "Lembro-me que, numa manhã de domingo, no clube de golfe onde joguei em França, havia uma pessoa, um mauriciano, que veio apresentar o novo hotel Awali no Telfair e o campo de golfe de lá. Peguei nos folhetos publicitários, fui para casa e disse à minha mulher, Marianne: "Olha, eles abriram um novo hotel na Maurícia, tem bom aspeto" e por isso viemos", conta Pierre.

O gaulês confessa que foi amor à primeira vista: "apaixonámo-nos pelo local e pela Maurícia".

No início, os filhos não ficaram muito contentes por terem os progenitores a viverem a milhares de quilómetros de distância, mas agora a situação mudou pois, como conta Pierre, "como a família está espalhada por toda a França, é difícil ver toda a gente. Portanto, este é um bom ponto de encontro, um bom local para se encontrarem."

Foi fácil para o casal adaptar-se à vida na Maurícia. O francês destaca, principalmente, a generosidade das suas gentes: "Eles são amáveis e generosos, e gostam de nos ajudar e eu gosto muito disso. Também é contagioso porque na realidade também queremos retribuir-lhes, o que nos dão. Por isso, é uma espécie de troca."

"Quando cheguei à Maurícia, senti que estava a começar uma nova vida", conclui Pierre.