EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

O fim do mundo tal como o conhecemos? Previsão de famosa vidente para 2025 é aterradora

O fim do mundo: A previsão do famoso adivinho Baba Vanga para 2025 é aterradora
O fim do mundo: A previsão do famoso adivinho Baba Vanga para 2025 é aterradora Direitos de autor Canva
Direitos de autor Canva
De  David Mouriquand
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

Como se já não bastasse tudo o que se passa à nossa volta... 2025 pode ser "o fim do mundo tal como o conhecemos..."

PUBLICIDADE

2024 não tem sido um ano fácil até agora.

O terramoto devastador do Japão, a invasão russa da Ucrânia, a guerra entre Israel e o Hamas, a ascensão da extrema-direita (apesar de alguma trégua positiva com as recentes eleiçõesno Reino Unidoeem França), a morte de Alexei Navalny, sem esquecer o quão mau foi o filme Madame Web e que Kayne West ainda está a lançar música.

E, podemos continuar, as eleições americanas com "dois velhos numa guerra de velhos" pela frente, bem como a ameaça contínua de modelos de IA cada vez mais poderosos que se espalham para além do controlo dos humanos e dos governos.

Agora, sabe-se que a lendária vidente cega Baba Vanga terá revelado que o fim dos tempos começará em 2025. Segundo ela, o início da nossa destruição começará no próximo ano com um conflito na Europa que irá devastar a população do continente. Este será o "pontapé de saída" para os acontecimentos que culminarão na nossa destruição.

Por outras palavras: 2025 será o início do nosso fim.

Eis as suas previsões completas:

Para aqueles que nunca ouviram falar dela, Vangelia Pandeva Gushterova, conhecida como Baba Vanga ou "Nostradamus dos Balcãs", nasceu em 1911 e tinha alegadas capacidades proféticas.

Cega desde a infância, a clarividente búlgara era aparentemente capaz de prever o futuro, "poderes" que atribuía a um tornado que a deixou cega. Em plena Segunda Guerra Mundial estas capacidades chamaram a atenção do público. Em especial, a pessoas como o czar búlgaro Boris III e o líder soviético Leonid Brezhnev que a consultavam pessoalmente.

Um monumento à icónica vidente no pátio da sua casa, transformada em museu, em Petrich, Bulgária
Um monumento à icónica vidente no pátio da sua casa, transformada em museu, em Petrich, BulgáriaiStock

Morreu em 1996 e, desde então, tornou-se uma figura de culto entre os crentes das artes da adivinhação - e, como se pode imaginar, entre os teóricos da conspiração.

Aparentemente, muitas das suas previsões tornaram-se realidade depois da sua morte. Por exemplo, diz-se que Baba Vanga previu a morte da Princesa Diana, o afundamento do submarino russo Kursk e os ataques terroristas de 11 de setembro. Alegadamente, ela até previu a sua própria morte a 11 de agosto de 1996, aos 85 anos.

É claro que muitas das previsões que lhe são atribuídas não podem ser autenticadas, pois baseiam-se em relatos de outras pessoas.

Embora Baba Vanga já não esteja entre nós, ela fez previsões para todos os anos até 5079.

Sorte a nossa, ou talvez não, uma vez que sete profecias para 2024 já foram cumpridas - nenhuma delas particularmente reconfortante (para além de uma tentativa de assassinato do presidente russo Vladimir Putin).

Aqui estão as últimas previsões da celébre sibila Baba Vangacega - ou a sua cronologia para o nosso fim, por assim dizer:

2025: Guerra na Europa

PUBLICIDADE

O evento que desencadeará o fim da humanidade será um conflito na Europa que dizimará a população do continente.

2028: A exploração de Vénus

Os humanos começarão a explorar Vénus como fonte de energia. (Vale a pena notar que o segundo planeta a contar do Sol é inóspito e nada pode crescer lá).

2033: Degelo das calotas polares

PUBLICIDADE

Baba Vanga terá previsto que as calotas polares derreterão, elevando o nível do mar a alturas drásticas em todo o mundo.

2076: O regresso do comunismo

O comunismo espalhar-se-á por países de todo o mundo.

2130: Primeiro contacto

PUBLICIDADE

Os humanos irão supostamente estabelecer contacto com extraterrestres - confirmando assim que a série Ficheiros Secretos estava certa desde o início.

2170: Seca global

As alterações climáticas continuarão a devastar o planeta e uma seca devastará grande parte do mundo.

3005: A guerra marciana

PUBLICIDADE

A Terra entrará em guerra com uma civilização em Marte. Não há mais informações sobre quem deu o pontapé de saída, mas apostamos que provavelmente fomos nós e não os marcianos. Não somos a espécie mais amigável, temos de encarar os factos!

3797: O fim do mundo - Parte I

A Terra deixará de ser capaz de suportar a vida, o que significa que os humanos que sobreviveram à guerra marciana terão de desocupar a Terra porque esta se tornou inabitável.

5079: O fim do mundo - Parte II (desta vez a sério)

PUBLICIDADE

O fim de tudo. O grande final. O mundo acaba.

É isso mesmo.

Tal como já foi referido, não é possível corroborar muitas das previsões que lhe são atribuídas e Vanga estava longe de ser infalível, pelo que se deve ter em conta tudo isto com muita cautela.

Ela acertou em algumas previsões, mas também previu que uma grande central nuclear iria explodir no ano passado e que a Terra seria atingida por uma tempestade solar devastadora. Mas evitámos essas catástrofes.

PUBLICIDADE

Também vale a pena mencionar que, no que diz respeito a previsões sobre o nosso futuro, Vanga não está sozinha.

O Boletim dos Cientistas Atómicos fixou este ano em 90 segundos para a meia-noite, a sua estimativa anual para Relógio do Apocalipse. É o mais próximo que o relógio alguma vez esteve da meia-noite.

Não é muito tranquilizador, pois não?

Tudo o que podemos fazer agora é esperar que as visões do dia do juízo final de Baba Vanga estejam erradas, e que finalmente aprendamos a viver juntos, concentrando-nos no que nos une e não no que nos divide. E, já agora, não irritar nenhum marciano.

PUBLICIDADE

Se isso não acontecer, preparem-se para o próximo ano, que vai ser um ano de arromba.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"O Fim do Mundo": A história de uma comunidade "esquecida" no país

Cientistas dão 100 segundos para o fim do mundo

Era o fim do mundo