EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Desinformação climática: dissecamos dois argumentos falsos sobre o calor

Parques aquáticos são uma das formas de iludir as ondas de calor
Parques aquáticos são uma das formas de iludir as ondas de calor Direitos de autor AP Photo/Yorgos Karahalis
Direitos de autor AP Photo/Yorgos Karahalis
De  Sophia Khatsenkova
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Temperaturas recorde antes mesmo de haver carros ou aviões? Mapas meteorológicos para assustar? Sophia Khatsenkova esclarece tudo

PUBLICIDADE

Este ano, a Europa, sobretudo o sul entre Espanha e a Grécia, tem estado muito, muito quente e apesar de vários recordes de calor estarem a ser batidos, a desinformação sobre os fenómenos climáticos extremos continuam a circular pelas redes sociais.

Neste edição do The Cube, dissecamos alguns destes mitos comuns. Como por exemplo, o de uma publicação viral que refere o registo de 42.°C em Roma, neste verão, e tenta minimiza-lo alegando que em julho de 1841 a capital italiana já havia elevado o mercúrio a esses valores.

As cores dos mapas meteorológicos também têm sido vítimas, com alguns utilizadores das redes sociais a acusarem os autores de os estarem a tornar cada vez mais assustadores com colorações cada vez mais agressivas.

Contatámos um especialista climático e um serviço meteorológico para desfazer estes argumentos. 

Veja como no vídeo no topo desta página.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Que países europeus não estão preparados para o calor?

"O impacto é enorme”: agricultores da Sicília lutam para sobreviver na pior seca dos últimos 30 anos

O verão mais quente de sempre? Especialistas revelam o que pode estar reservado para a Europa nos próximos meses