EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Taylor Swift adiou concerto da Eras Tour

A máxima diurna no Rio de Janeiro na sexta-feira foi de 39,1 graus Celsius, mas a sensação foi de muito mais calor.
A máxima diurna no Rio de Janeiro na sexta-feira foi de 39,1 graus Celsius, mas a sensação foi de muito mais calor. Direitos de autor AP Photo/Silvia Izquierdo
Direitos de autor AP Photo/Silvia Izquierdo
De  Rebecca Ann Hughes com AP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

A cantora tomou a decisão depois de uma fã ter morrido devido ao calor extremo durante um espetáculo.

PUBLICIDADE

Taylor Swift adiou um concerto da Eras Tour no Rio de Janeiro, no sábado, devido às temperaturas recorde e à preocupação com a segurança do público.

Uma fã de 23 anos morreu durante o espetáculo de sexta-feira (17 de novembro) à noite, de acordo com uma mensagem publicada no Instagram da cantora.

"Estou a escrever isto do meu camarim no estádio. Foi tomada a decisão de adiar o espetáculo desta noite devido às temperaturas extremas no Rio", escreveu a cantora numa nota manuscrita partilhada nas redes sociais.

"A segurança e o bem-estar dos meus fãs, colegas artistas e equipa tem de estar e estará sempre em primeiro lugar", sublinhou.

Fã morre durante concerto de Taylor Swift

A causa da morte de Ana Clara Benevides Machado, que procurou atendimento médico no Estádio Olímpico Nilton Santos durante o espetáculo de sexta-feira, ainda não foi anunciada.

O Ministério Público do Rio abriu uma investigação criminal e disse que o corpo de Benevides estava a ser examinado.

No entanto, os fãs e os políticos reagiram à morte com indignação, especulando que estaria ligada ao calor extremo.

O Rio e a maior parte do Brasil registaram temperaturas recorde na última semana, durante uma perigosa e prolongada onda de calor.

A temperatura máxima diurna no Rio, na sexta-feira foi de 39,1 graus Celsius, mas parecia muito mais quente.

A sensação térmica - uma combinação de temperatura e humidade - atingiu os 59ºC na manhã de sexta-feira no Rio, a mais alta alguma vez registada no local.

Água proibida no estádio apesar do calor recorde

Os fãs que assistiram ao espetáculo de sexta-feira queixaram-se de que não lhes foi permitido levar água para o estádio, apesar do tempo sufocante.

"Estava muito quente. O meu cabelo ficou muito molhado de suor assim que entrei. Chegou um ponto em que eu tive que verificar a minha respiração para ter a certeza de que não ia desmaiar", contouElizabeth Morin, uma jovem de 26 anos.

Morin disse que bebeu muita água, mas viu "uma boa quantidade de pessoas com um ar aflito" e outras "a gritar por água". Conseguiu água nas laterais da área em que estava, mas lembrou que a água era de difícil acesso em outras partes do estádio, especialmente para as pessoas que não queriam perder o lugar. 

Durante o espetáculo, Swift fez uma pausa e pediu no palco que levassem água a um grupo de pessoas que tinham conseguido chamar a atenção da cantora, segundo Morin. "Estavam a segurar os telemóveis e a dizer 'precisamos de água'", recorda.

Milhares de fãs também esperaram horas ao sol antes de serem autorizados a entrar.

PUBLICIDADE

Água gratuita disponível nos concertos

Como as temperaturas continuaram a subir no sábado, as autoridades federais anunciaram que a água seria disponibilizada gratuitamente nos espetáculos e outros grandes eventos.

O ministro da Justiça, Flávio Dino, disse no X, antigo Twitter, que, a partir de agora, no Brasil, "garrafas de água para uso pessoal, em material adequado, serão permitidas" em espetáculos e festivais e que os produtores devem fornecer água potável gratuita e de fácil acesso.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, escreveu no X que a "perda da vida de uma jovem é inaceitável" e exigiu mais pessoal e ambulâncias em futuros espetáculos.

O concerto da Eras Tour foi adiado no sábado devido a questões de segurança.

PUBLICIDADE
Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Produção de cereais em França afetada pelas alterações climáticas

Novo governo britânico levanta proibição da energia eólica em terra

Quem é Marine Tondelier? Conheça a líder dos Verdes que inspirou a França a votar contra a extrema-direita