Bruxelas envia cinco milhões de euros para Venezuela

Filas para obter os poucos bens alimentares disponíveis nas lojas
Filas para obter os poucos bens alimentares disponíveis nas lojas Direitos de autor REUTERS/Carlos Eduardo Ramirez/File Photo
De  Isabel Marques da Silva
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Bruxelas envia cinco milhões de euros para Venezuela

PUBLICIDADE

A Venezuela vai receber cinco milhões de euros em ajuda humanitária e será aberto um escritório, em Caracas (capital), para gerir esta ajuda, anunciou, terça-feira, a Comissão Europeia.

Os fundos serão para programas em parceria com agências das Nações Unidas e organizações não-governamentais na Venezuela com as quais o executivo europeu tem trabalhado no passado.

O governo interino que desafia o Presidente Nicolás Maduro disse que realizará uma conferência internacional para obter mais assistência humanitária de emergência, a 14 de fevereiro, na sede da Organização dos Estados Americanos, em Washington (EUA).

Carlos Vecchio foi recentemente designado como embaixador em Washington pelo governo interino liderado por Juan Guaidó (líder parlamentar) e avançou que serão convidados representantes de governos, do setor privado e da sociedade civil.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Papa Francisco disponível para mediar crise na Venezuela

"Breves de Bruxelas": Concorrência, Venezuela, Islamismo e Eurogrupo

"Eu quero viver, mas não posso devido à situação na Venezuela"