This content is not available in your region

ONG's apelam a compromissos dos doares na Conferência de Bruxelas

Access to the comments Comentários
De  Méabh Mc Mahon  com Ricardo Borges de Carvalho
euronews_icons_loading
ONG's apelam a compromissos dos doares na Conferência de Bruxelas

Na zona das instituições europeias, em Bruxelas, está este desenho feito por uma jovem síria. Um autorretrato que procura lembrar que 4 milhões de crianças cresceram no país sem conhecer nada além da guerra. Rania Malki, da organização Save the Children, espera que a imagem seja incluída na Conferência de doadores para a Síria, que se realiza esta semana, em Bruxelas.

"Temos aqui uma pergunta clara para a comunidade internacional. Pedimos que se comprometa com a recuperação das crianças que sofreram no conflito, que financie os fundos equitativos e apoie países como a Jordânia, Líbano ou Turquia, que abrigam milhões de famílias e também que invista em trabalho humanitário dentro da Síria."

Astrid Nissen é diretora da Cruz Vermelha alemã para o Médio Oriente e Norte de África e faz trabalho humanitário em Beirute, no Líbano. Espera que esta conferência possa esclarecer a situação difícil dos sírios depois de quase 9 anos de guerra.

"A situação é terrível. Ainda é uma das maiores crises no mundo, especialmente uma crise de desalojamento. Temos mais de 6 milhões de pessoas deslocadas na Síria e 5 milhões de pessoas nos países vizinhos. É realmente seguro para eles? Há minas por explodir, falta de acesso a serviços básicos, escolas, saúde, água, as pessoas ainda precisam de tudo isto."

Para as Organizações Não Governamentais, o sucesso desta conferência vai depender se os compromissos e promessas correspondem ou não às necessidades das pessoas no terreno.