EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

A Ucrânia emitiu um selo que celebra um veterano nazi?

Yaroslav Hunka
Yaroslav Hunka Direitos de autor Patrick Doyle/AP
Direitos de autor Patrick Doyle/AP
De  Sophia Khatsenkova
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Vejamos como o escândalo do parlamento canadiano alimentou uma campanha de desinformação difundida por propagandistas pró-russos.

PUBLICIDADE

Tudo começou quando Yaroslav Hunka, um veterano que serviu na 14ª Divisão Waffen, uma unidade nazi constituída maioritariamente por voluntários ucranianos, foi aplaudido de pé no Parlamento canadiano, a 22 de setembro

O veterano de 98 anos foi convidado pelo Presidente da Câmara dos Comuns do Canadá, Anthony Rota, que afirmou desconhecer o passado de Hunka.

Rota apresentou posteriormente um pedido de desculpas e demitiu-se depois de ter chamado Hunka de "herói ucraniano" durante a visita do Presidente Volodymyr Zelenskyy.

O primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, também pediu desculpa, a 27 de setembro.

O escândalo suscitou a atenção mundial e a Rússia utilizou-o para alimentar a sua campanha de desinformação.

Uma das principais narrativas de propaganda promovidas pelo Kremlin desde a invasão da Ucrânia, é a de que está empenhada em "desnazificar" a Ucrânia.

No dia 26 de setembro, a embaixada russa no Reino Unido postou na rede social X que a Ucrânia estava a emitir selos com o rosto de Yaroslav Hunka com a inscrição "Herói da Ucrânia" no canto superior direito. Em segundo plano, no selo, podemos ver o presidente ucraniano Volodymyr Zelensyy e a sua mulher Olena.

O tweet, agora apagado, teve mais de 500 mil visualizações, com muitos utilizadores a manifestarem a sua indignação ou incredulidade.

Como é que sabemos se este selo existe?

No canto superior direito, existe um código de barras. Ao pesquisar o código de barras, descobrimos que, na realidade, se refere a envelopes lançados em 2022 em honra da Ucrânia. Ao procurar o código de barras no sítio Web dos serviços postais ucranianos, encontrámos o mesmo envelope. O selo não foi encontrado em lado nenhum depois de o termos procurado na seleção do serviço postal.

A lista de selos lançados recentemente não incluía o selo com Hunka. De acordo com o último comunicado de imprensa dos Correios, serão lançados novos selos com armas ocidentais e não com uma pessoa em particular

Isto significa que o selo viral é falso e nunca foi lançado pelo serviço postal ucraniano.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Charles Michel: "A Rússia abandonou a população arménia"

A realeza europeia participou em marchas a favor da Palestina e acusou Israel de genocídio?

A Rússia continua a utilizar a ponte da Crimeia para reforçar as suas forças militares na Ucrânia?