EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

As janelas do futuro apresentadas na Feira Automóvel de Munique

As janelas do futuro apresentadas na Feira Automóvel de Munique
Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  Damon Emblingeuronews
Partilhe esta notícia
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Uma empresa japonesa apresentou uma tecnologia inovadora de janelas para automóveis.

PUBLICIDADE

A edição 2023 do Salão Internacional do Automóvel, de Munique, apresentou as últimas novidades do setor automóvel e tecnológico. Os grandes nomes da indústria exibiram os novos designs e as inovações.

"Podemos ver que tudo aqui gira em torno da conetividade, da 5G e da nuvem, para que as pessoas fiquem ligadas à casa e ao escritório”, frisou Laurent Meillaud, especialista em tecnologia automóvel. 

"É como uma corrida de Fórmula 1, porque os fabricantes têm de ter em conta tudo ao mesmo tempo. Temos o lado digital, a eletricidade e a condução autónoma", acrescentou o especialista.

euronews
A edição 2023 do Salão Internacional do Automóvel de Muniqueeuronews

As janelas e para-brisas do futuro

A empresa japonesa Sekisui produz materiais para diferentes indústrias em todo o mundo. Presente na Europa há 60 anos, fornece o mercado automóvel europeu desde a década de 1980. Os componentes para vidro são uma das grandes apostas da empresa que apresentou carro conceptual com uma visão sobre as janelas do futuro.

"Através do toque, o vidro pode passar do modo transparente ao modo privacidade. Além disso, para a porta da frente, também integrámos essa tecnologia, já não há puxadores de porta no carro, colocámos um acesso móvel e a função de toque com um ecrã de ícones no vidro", explicou Masashi Yanai, diretor de planeamento de produtos da Sekisui Europe.

A empresa japonesa está a desenvolver um novo tipo de ecrã, com conteúdos visíveis no para-brisas.

“A navegação, os telemóveis, a rádio ou o relógio, todo esse tipo de informação pode ser introduzido no vidro. No caso da condução autónoma, talvez possamos colocar um ecrã de cinema na janela. E, em caso de emergência, ou em caso de condução manual, essas imagens desaparecem dos ecrãs e o vidro normal regressa", sublinhou Masashi Yanai, diretor de planeamento de produtos da empresa japonesa.

A edição 2023 do Salão Internacional do Automóvel de Munique
euronewsA edição 2023 do Salão Internacional do Automóvel de Munique

Um ecrã de cinema no vidro

Atualmente, a empresa já fabrica tecnologias de para-brisas. Na sua fábrica, nos Países Baixos, produz uma película especial para os ecrãs que projetam informações no vidro.

"Um dos problemas do ecrã HUD é obter uma imagem desfocada. Por isso, temos uma película em forma de cunha. Quando é intercalada dentro do vidro, garante o ângulo certo para uma visão muito clara, na posição do condutor, para visualizar a informação", frisou Roel Philipsen, diretor de marketing da empresa japonesa.

A empresa exibiu um protótipo equipado com a nova tecnologia. "Posso ver o limite de velocidade e ver a minha velocidade sem direcionar o olhar para o ecrã central. Posso manter o  olhar centrado constantemente na estrada. Se surgir um obstáculo, como uma pessoa de bicicleta ou um peão, posso reagir imediatamente. É muito mais seguro manter constantemente o olhar centrado na estrada", garantiu Roel Philipsen

Um sistema para bloquear ruído e calor

Para além de aumentar a segurança, a película no interior do para-brisas foi concebida para bloquear o ruído e o calor. "Enquanto conduzimos, temos o ruído do vento, dos pneus e do motor. E graças à película de proteção contra o ruído, o interior do veículo é muito mais silencioso, até cinco decibéis mais silencioso. Para além disso, podemos também, na mesma película, adicionar partículas que bloqueiam o calor, para garantir que o interior do automóvel fica mais fresco. Assim, usa-se menos ar condicionado", afirmou Roel Philipsen.

Partilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Setor automóvel europeu pede menos legislação e mais estratégia

Jovens mulheres diminuem a diferença de género no mundo do trabalho

Segunda edição do curso de Liderança Feminina na Era Digital