Última hora

Última hora

Putin diz que Skripal é "escória" e "traidor da pátria"

Em leitura:

Putin diz que Skripal é "escória" e "traidor da pátria"

Putin diz que Skripal é "escória" e "traidor da pátria"
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente russo, Vladimir Putin, apelidou o antigo espião Serguei Skripal de "escória", acusando-o de ser um "traidor da pátria".

“Os seus colegas dos media estão a tentar impor uma ideia de que o senhor Skripal é algum tipo de ativista de direitos. Ele é apenas um espião. Um traidor da pátria. Existe uma coisa dessas - ser-se um traidor da pátria. ”

“Ele é um deles. (...) Ele é claramente escória. Isso é tudo, mesmo com a campanha mediática que foi gerada em torno dele. Pedimos, muitas vezes, aos nossos colegas britânicos: “Deem-nos os documentos. Vamos fazer uma investigação”, conta Putin.

Serguei Skripal e a filha Yulia foram envenenados em março em Salisbury, na Inglaterra, com Novichok, um agente neurotóxico.

As autoridades britânicas acusaram o Kremlin de estar envolvido no envenenamento, dando início a uma crise diplomática entre Moscovo e o Ocidente.

O Governo de Putin desmente qualquer envolvimento e denunciou uma "manipulação da informação" por parte dos media.