A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

no comment

Israel dispersa ativistas em protesto contra demolição de Khan al-Ahmar

A polícia israelita recorreu ao gás pimenta e a "tasers" para dispersar ativistas que protestaram, esta quarta-feira, contra a demolição da aldeia beduína palestiniana de Khan al-Ahmar, na Cisjordânia.

Um ativista foi detido e outros ficaram feridos.¨

O Supremo Tribunal de Israel autorizou, no início do ano, a demolição e estabeleceu a data de 1 de outubro como prazo para avançar com a destruição.

O Tribunal Penal Internacional alertou que a demolição pode constituir "crime de guerra."

Governos europeus, as Nações Unidas e organizações não-governamentais têm pressionado contra a demolição da aldeia, considerando que tal permitirá alargar os colonatos e cortar em dois o território da Cisjordânia. Uma situação que torna mais difícil a criação eventual de um Estado palestiniano.

A aldeia de Khan al-Ahmar, constituída por habitações e estruturas frágeis, conta com cerca de 170 habitantes, a maioria crianças.

Mais vídeos No Comment