EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Movimento dos coletes amarelos perde força

Movimento dos coletes amarelos perde força
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Foi o sexto sábado consecutivo de protestos dos coletes amarelos em França, embora o número de manifestantes tenha caído a pique. Mas voltou a haver cenas de violência na capital francesa.

PUBLICIDADE

Foi o sexto sábado consecutivo de protestos dos coletes amarelos em França, embora o número de manifestantes tenha caído a pique. Mas voltou a haver cenas de violência na capital francesa.

O presidente francês, Emmanuel Macron, em visita ao Chade, já reagiu: "É claro que vai haver respostas judiciais mais severas. Agora é tempo de a ordem, a calma e a harmonia prevalecerem. O nosso país precisa de harmonia, unidade, de um compromisso sincero com fortes causas coletivas e as divisões devem ser apaziguadas".

Três polícias foram encurralados por "coletes amarelos" e um dos agentes puxou da arma para manter os manifestantes à distância.

O ministro do Interior, Christophe Castaner, destaca o decréscimo dos manifestantes: "Houve menos de 39 mil manifestantes este sábado, contra os 60 mil da semana passada. São dez vezes menos do que quando as manifestações começaram a 17 de novembro".

O movimento dos coletes amarelos começou por contestar a subida dos preços dos combustíveis, mas foi alargando o leque de reivindicações e nem as concessões de Macron os acalmaram.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Violência antissemita tem de terminar"

França aperta medidas de segurança antes da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos

Campos Elísios transformam-se numa enorme mesa de piquenique