A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Europa vai a votos

Europa vai a votos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

No Parlamento Europeu, em Bruxelas, prepara-se a noite eleitoral. É na noite de domingo para segunda que vamos conhecer os resultados da votação para as europeias nos vários Estados-membros, mesmo se em sete deles as eleições já decorreram. Vamos ficar a conhecer a nova composição do Parlamento Europeu, a distribuição dos 751 deputados e talvez a criação de novos grupos. Uma questão a que todos vão estar atentos é a provável perda de força dos grupos políticos que têm dominado o PE desde a criação e a confirmação, ou não, do tão falado avanço das forças populistas.

Este domingo vota-se na maioria dos países da União Europeia, incluindo Portugal, que elege 21 eurodeputados. O Brexit é um tema que paira sobre estas eleições. O Reino Unido acabou por ir a votos, mesmo se os 73 deputados só cumpram uma pequena parte do mandato, se as coisas decorrerem como estipulado. Esses lugares vão ser distribuídos por outros países, que se julgam sub-representados no Parlamento Europeu.

Antes do dia em que vota a maioria dos Estados-membros, a Eslováquia foi último país a ter eleições. Depois da eleição de Zuzana Čaputová, advogada anti-corrupção, estas eleições são um teste ao governo de Roberto Fico, fragilizado desde o assassínio de um jornalista que investigava casos de corrupção.