A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Governo romeno derrubado

Governo romeno derrubado
Direitos de autor
Inquam Photos/George Calin via REUTERS
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Não durou dois anos. O governo social-democrata de Viorica Dancila foi derrubado esta quinta-feira.

No poder desde janeiro de 2018, o executivo estava fragilizado pela derrota nas eleições europeias de maio, e pela rutura em agosto da coligação com a Aliança dos Liberais e Democratas.

A primeira-ministra deixa agora um desafio à oposição. "O que é que vão fazer? Nos vossos discursos mostram-se corajosos, mas precisam apresentar-se aos romenos e mostrar-lhes os programas de governo. Digam qual é o vosso projecto; quem vai estar no governo e o que querem para a Roménia e para os romenos," diz Viorica Dancila.

238 dos 242 votos expressos foram a favor da moção de censura.

Os sociais-democratas estiveram presentes no debate, mas sem votos suficientes para travar a censura, não participaram, de acordo com instruções da primeira-ministra.

"Incompetência", "clientelismo" e "corrupção" - algumas das acusações da oposição ao executivo, por ter desperdiçado o período de forte crescimento registado no país nos últimos anos. Uma contestação que faz eco nas ruas de Bucareste.