Última hora

Tunisinos celebram vitória de Saied nas presidenciais

Tunisinos celebram vitória de Saied nas presidenciais
Direitos de autor
REUTERS/Zoubeir Souissi
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Ainda antes de serem conhecidos os resultados oficiais, milhares de pessoas sairam à rua na capital da Tunísia para celebrar a vitória de Kais Saied nas eleições presidenciais, depois de duas sondagens à boca das urnas lhe conferirem uma vantagem esmagadora, com mais de 70 por cento dos votos.

Na primeira reação pós escrutínio, o antigo professor de Direito de convicções conservadoras afirmou que "as relações internas serão baseadas na confiança e responsabilidade". Saied frisou que "é preciso aumentar a confiança entre os líderes e aqueles que eles governam" e acrescentou que vai "trabalhar no quadro da Constituição, com um respeito total pelos seus princípios".

Saied tinha como rival o empresário dos media Nabil Karoui, que fez campanha desde a prisão depois de ser detido sob acusações de fraude fiscal e lavagem de dinheiro. O magnata, que nega as acusações, foi libertado poucos dias antes do escrutínio.

Apesar de Saied ter apresentado uma posição ferozmente independente, recusando associar-se a qualquer partido, contou com o apoio de várias formações, nomeadamente os islamistas do Ennahdha, que venceram as legislativas no passado dia 6.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.