Última hora
This content is not available in your region

Brasil ultrapassa os 25.600 mortos por Covid-19

euronews_icons_loading
Covid-19 no Brasil
Covid-19 no Brasil   -   Direitos de autor  Eraldo Peres/Copyright 2018 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Em Brasília houve fila para entrar num dos maiores centros comerciais da cidade, com a reabertura deste tipo de estabelecimentos. Um passo dado pelo distrito federal. Já em São Paulo, por enquanto, só o comércio considerado essencial continua aberto. O governador do Estado Paulista, João Doria, tem um plano para reabrir uma parte das lojas a partir de um de junho, mas a recomendação de ficar em casa continua, pelo menos, até dia 15: "Se for necessário voltar atrás, não hesitaremos", disse o governador.

O Brasil teve, pela quinta vez, mais de mil mortos num só dia por Covid-19 e conta agora mais de 25 mil e 600 vítimas mortais. O país ocupa o segundo lugar em número de infetados, a seguir aos Estados Unidos.

O Estado de São Paulo representa um quarto de todas as mortes por Covid até agora registadas no Brasil. A situação nas favelas é particularmente preocupante. Na Cidade Tiradentes, uma das favelas de São Paulo, um grupo de motards informa e aconselha a população: "Para muitas pessoas, a Covid-19 é um tema secundário e tentamos sensibilizá-las", conta Vanderlei Rodrigues, líder do grupo.

Com uma elevada concentração de pessoas, pobreza e condições de higiene deficientes, as favelas são um terreno propício à propagação. Com a situação sanitária do Brasil a agravar-se, agrava-se também o braço-de-ferro entre os governadores e o presidente Jair Bolsonaro, que está contra as restrições e quer uma abertura quase completa do país.