Última hora
This content is not available in your region

Biden lança medidas de apoio à economia

euronews_icons_loading
Biden lança medidas de apoio à economia
Direitos de autor  Alex Brandon/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Há apenas três dias na Casa Branca, Joe Biden não quis perder tempo e assinou já vários decretos que vão no sentido das prioridades definidas na campanha: Combater a pandemia e reabilitar a economia. O novo presidente norte-americano anunciou um conjunto de medidas para ajudar os cidadãos mais desfavorecidos e atingidos pela crise causada pela Covid-19, ao mesmo tempo que viu confirmada a nomeação a antiga presidente da Reserva Federal Janet Yellen como secretária do Tesouro.

Disse Biden: "Temos as ferramentas para ultrapassar esta crise, para controlar o vírus e fazer com que a economia volte a entrar nos carris. Temos as ferramentas, por isso temos de as usar. Temos todos de as usar. A crise está a aprofundar-se. Ontem, ficámos a saber que mais 900 mil norte-americanos entraram no desemprego. Juntaram-se a milhões de outros concidadãos que, sem terem feito qualquer mal, perderam a dignidade de ter um trabalho e um salário".

Temos as ferramentas para combater a crise, por isso temos de as usar. Temos todos de as usar.
Joe Biden
Presidente dos EUA

Janet Yellen vai ser a primeira mulher, na história dos Estados Unidos, a desempenhar o cargo de secretária do Tesouro. A nomeação foi aprovada, por unanimidade, pela comissão de finanças do Senado. Yellen, que presidiu à Reserva Federal entre 2014 e 2018, defende a distribuição urgente de novas ajudas aos menos favorecidos, tal como às pequenas empresas, às cidades e aos Estados, no sentido de evitar despedimentos durante a atual crise.