EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Mulher de Alexei Navalny detida em Moscovo

Polícia fez mais de mil detenções
Polícia fez mais de mil detenções Direitos de autor Alexander Zemlianichenko/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Alexander Zemlianichenko/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Polícia já fez mais de 300 detenções nos protestos pela libertação do opositor russo.

PUBLICIDADE

A polícia russa já deteve mais de mil pessoas, só em Moscovo, nas manifestações em apoio ao opositor Alexei Navalny, preso no início desta semana à chegada à capital russa, vindo de Berlim, depois de um envenenamento que quase o matou. Os protestos multiplicam-se por todo o país e juntam milhares de pessoas nas principais cidades da Rússia. Entre os detidos está, segundo a própria, Yulia Navalnaya, esposa do dissidente, que deu a notícia através do Instagram.

"Peço desculpa pela má qualidade da imagem, a luz no carro celular não é boa", ironiza Navalnaya no Instagram.

As autoridades russas alegam que Navalny quebrou os termos de uma pena suspensa ao permanecer na Alemanha durante cinco meses e foi posto em prisão preventiva por esse motivo.

Além de Moscovo, os protestos aconteceram em cidades como Tomsk. Navalny é, neste momento, a figura mais visível da oposição a Vladimir Putin na Rússia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Rússia prolonga detenção do jornalista norte-americano Evan Gershkovich

Presidente da Geórgia garante em entrevista à Euronews que vai vetar lei dos "agentes estrangeiros"

Nemo quebrou o código: Concorrente da Suíça é primeira pessoa não-binária a vencer a Eurovisão