Tribunal holandês ordena fim do recolher obrigatório

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Tribunal holandês ordena fim do recolher obrigatório
Direitos de autor  AFP

Um tribunal holandês ordenou esta terça-feira ao governo o levantamento «imediato» do recolher obrigatório, considerando que a medida põe em causa o direito à liberdade de movimento e de reunião dos cidadãos.

O primeiro-ministro dos Países Baixos já reagiu à declaração do tribunal de Haia.

Mark Rutte disse que nunca é demais lembrar que o recolher obrigatório é um meio e não um objetivo. O objetivo, diz, é colocar o vírus sob controlo para o país poder recuperar todas as liberdades. “Essa é a razão pela qual a medida foi imposta, e até agora nada mudou”, destacou Rutte.

Na semana passada, o governo dos Países Baixos prolongou o recolher obrigatório até março, utilizando uma lei que permite contornar o processo legislativo habitual em situações de emergência.

O primeiro-ministro espera agora pelo resultado do recurso da decisão do tribunal de Haia e pede aos holandeses para continuarem a ficar em casa entre as 9 da noite e as 4h30 da manhã.