Polícias bielorrussos entram na Lituânia

A seta vermelha indica a linha de fronteira
A seta vermelha indica a linha de fronteira Direitos de autor LTLT / EVS
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Um grupo de polícias antimotim da Bielorrússia entrou em território lituano durante um braço-de-ferro com polícias do país báltico, a propósito de um grupo de migrantes.

PUBLICIDADE

Um grupo de polícias antimotim da Bielorrússia terá passado a fronteira com a Lituânia, durante um braço-de-ferro com as forças deste país báltico, membro da União Europeia. O governo lituano publicou um vídeo do que diz ser uma provocação por parte das forças policiais bielorrussas, que passaram a linha de fronteira enquanto tentavam impedir a entrada no território de um grupo de migrantes que os polícias lituanos queriam expulsar de volta para a Bielorrússia.

A Bielorrússia emitiu um comunicado, acompanhado igualmente por um vídeo, em que diz que as forças lituanas quiseram expulsar este grupo, que incluía mulheres grávidas e crianças, condenando a ação do país da UE. A Lituânia tem endurecido as medidas para prevenir a passagem de migrantes vindos da Bielorrússia. A UE acusa o país liderado por Alexander Lukashenko de estar a deixar estas vagas seguir para União Europeia, usando-as como arma de retaliação pelas sanções impostas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

UE solidária com vizinhos da Bielorrússia

Zelenskyy em périplo pelos países Bálticos em busca de ajuda

Lituânia vai encerrar dois postos fronteiriços com a Bielorrússia