This content is not available in your region

Colômbia legaliza aborto até ao sexto mês de gravidez

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Colômbia legaliza aborto até ao sexto mês de gravidez
Direitos de autor  AP Photo/Fernando Vergara

O Supremo Tribunal da Colômbia descriminalizou o aborto até às 24 semanas de gravidez. Depois do veredito, as mulheres não voltam a ser processadas por interromper a gravidez até ao sexto mês de gravidez.  Esta é uma decisão histórica num país de maioria católica.

O debate durou cerca de 8 horas, enquanto centenas de manifestantes - prós e contras - aguardavam ao lado de fora do tribunal, em Bogotá. Os que estavam a favor do aborto vestiram-se de verde e celebraram a decisão em frente ao supremo tribunal.

Até á data, o Código Penal colombiano considerava o aborto legal em três cenários: violações ou incesto; malformação fetal que inviabilizasse a vida do feto; ou caso a continuação da gestação constituísse um perigo à vida ou à saúde da mulher, atestado por um médico especialista.

A Colômbia entra para a lista de países latino-americanos como o México e a Argentina a ver os obstáculos ao aborto reduzidos.