Kherson depois da libertação. Da festa à sobrevivência

Kherson depois da libertação. Da festa à sobrevivência
Direitos de autor euronews
De  Anelise BorgesEuronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Após a retirada das tropas russas, os habitantes de Kherson voltaram às ruas para celebrar. Mas a falta de condições básicas para viver, roubadas pela guerra, está a tornar o dia a dia numa luta pela sobrevivência.

PUBLICIDADE

A tomada de Kherson, no sul da Ucrâniapelas tropas ucranianas foi recebida em festa pela população. No entanto, a falta de condições básicas para viver, está a tornar o dia a dia dos habitantes muito difícil. 

Sem água corrente, luz e medicamentos, os mais vulneráveis valem-se da solidariedade de quem ficou. A sobrevivência acontece todos os dias, entre os escombros de uma guerra que não cessa.

A região já não tem ambulâncias suficientes para transportar os feridos. Nos hospitais, faltam especialistas e as máquinas que existem não funcionam por falta de eletricidade.

Eles mataram tantos. A paz é impossível, neste momento, para a nossa geração
Habitante de Posad Pokrovsk, Kherson, Ucrânia

O futuro, para novos e velhos, é de incerteza. Mas um sentimento parece prevalecer entre todos, o de repúdio à Rússia, com quem não acreditam poder chegar à paz.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Um morto e doze feridos em ataque russo a Poltava na Ucrânia

Kremlin diz que ataque à central nuclear de Zaporíjia é "provocação perigosa" da Ucrânia

Rússia diz que Ucrânia atingiu central de Zaporíjia. Kiev nega, ONU critica ataque imprudente