EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

"Darknet não é livre de castigos"

Pornografia infantil na "darknet"
Pornografia infantil na "darknet" Direitos de autor ARD via EBU
Direitos de autor ARD via EBU
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Penas pesadas na Alemanha para utilizadores de pornografia infantil

PUBLICIDADE

Quatro homens foram condenados na Alemanha com penas entre os sete e os doze anos de prisão por envolvimento numa das maiores redes de pornografia infantil do mundo.

A rede "Boystown", que funcionava na “darknet”, foi desmantelada em maio do ano passado. Estava ativa desde 2019 e tinha mais de 400 mil membros. O juiz deste caso sublinhou a mensagem de que "as plataformas paralelas na internet não são um espaço livre de castigos, e que os crimes aí cometidos são punidos em todo o mundo".

As vítimas também estiveram presentes no julgamento. Os advogados de defesa disseram que com a sentença desta terça-feira, muitos dos jovens "passaram a ter voz".

As autoridades continuam trabalhar para identificar outros utilizadores da rede "Boystown e levá-los a julgamento.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Pornografia infantil a disparar de forma galopante no online

Itália desmantela rede de pornografia infantil

Detidas 24 pessoas em operação contra pornografia infantil