Greve paralisa aeroporto de Berlim

O pessoal do controlo de passageiros e os seguranças do aeroporto de Berlim-Brandemburgo exigem remunerações mais elevadas.
O pessoal do controlo de passageiros e os seguranças do aeroporto de Berlim-Brandemburgo exigem remunerações mais elevadas. Direitos de autor Joerg Carstensen/(c) Copyright 2023, dpa (www.dpa.de). Alle Rechte vorbehalten
De  Verónica Romano
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Pessoal do controlo de passageiros e seguranças exigem remunerações mais elevadas

PUBLICIDADE

Nenhum avião levanta voo do aeroporto de Berlim esta segunda-feira. 

O pessoal do controlo de passageiros e os seguranças estão em greve por remunerações mais elevadas pelas horas extra e pelos turnos durante a noite, fins de semana e feriados.Os voos de chegada podem também ser cancelados ou sofrer alterações de horário.

Há ainda uma paralisação parcial no aeroporto de Hamburgo, que afeta um terço dos voos.

As greves prosseguem apesar do acordo estabelecido no sábado passado, entre o sindicato "ver.di" e a associação patronal do setor público alemão. 

Os empregadores prometeram uma série de pagamentos especiais, isentos de impostos, até fevereiro do próximo ano e a partir de março, um aumento salarial de 5,5%, nunca inferior a 200 euros por mês.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Professores romenos em greve por melhores salários e condições de trabalho

Greve origina cancelamento massivo de voos na Alemanha

Greve na Alemanha paralisa transportes e promete ficar para a história