Militar dos EUA foge para a Coreia do Norte

Cidadão detido é, alegadamente, um militar dos EUA
Cidadão detido é, alegadamente, um militar dos EUA Direitos de autor Kim Hong-Ji/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Um soldado do Exército dos EUA atravessou, em fuga, a fronteira entre a Coreia do Sul e a Coreia do Norte e acabou detido. Enfrenta sanções disciplinares.

PUBLICIDADE

O cidadão dos EUA que atravessou a fronteira entre a Coreia do Sul e a vizinha do Norte é, de facto, um soldado dos EUA que, e de acordo com Washington, tinha acabado de ser libertado de uma prisão sul-coreana onde tinha estado detido após ser acusado de agressão. Foi no momento em que foi escoltado até ao aeroporto, para ser enviado para o Texas, que em vez de entrar no avião se juntou a uma excursão que visitava uma aldeia e acabou a atravessar a fronteira a correr e a ser detido.

O militar, um jovem, enfrentava outras ações disciplinares no seu país de origem, referiam as mesmas fontes.

O Pentágono não confirmava o nome do militar, já conhecido, mas garantia que estão "a acompanhar de perto e a investigar a situação".

Trata-se do primeiro cidadão dos EUA detido na Coreia do Norte em quase cinco anos.

Este incidente acontece na mesma altura em que os Estados Unidos deslocam, pela primeira vez em quarenta anos, um submarino armado com mísseis nucleares para as águas territoriais da Coreia do Sul, uma resposta às crescentes ameaças nucleares por parte de Pyongyang. Washington e Seul estabeleceram um grupo bilateral de consultas nucleares e acordaram expandir os exercícios militares conjuntos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Coreia do Norte lança míssil intercontinental e põe países vizinhos em alerta

Japão pronto a destruir foguetão de lançamento do satélite da Coreia do Norte

Coreia do Norte dispara novo tipo de míssil balístico