EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Kiev saúda "luz verde" dos EUA para envio de caças F-16

Caça F-16
Caça F-16 Direitos de autor Bo Amstrup
Direitos de autor Bo Amstrup
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Envio não será imediato porque pilotos ucranianos terão de participar em formação antes de entrarem em combate contra a Rússia.

PUBLICIDADE

A Ucrânia saudou a "luz verde" dos EUA para o envio de caças F-16 da Dinamarca e dos Países Baixos para o país.

Mas ainda será preciso esperar porque falta a formação dos pilotos ucranianos antes.

Alguns meios de comunicação da Ucrânia avançam que os caças não deverão chegar antes do próximo verão.

“É uma boa notícia que os americanos digam que é um próximo passo lógico para o treino. Estamos de acordo. Juntamente com a Dinamarca, criámos as condições. Estamos a trabalhar arduamente para garantir que os ucranianos são treinados o mais rápido possível para o uso dos F-16. Depois, em última análise, esperamos que esse passo seja seguido pela entrega real da aeronave", sublinhou a ministra cessante da Defesa dos Países Baixos, Kasja Ollongren.

Enquanto aguarda o envio dos caças, a Ucrânia, mas também a Rússia somam perdas, diz o "The New York Times."

O jornal avança que os dois lados já somam 500 mil tropas mortos ou feridos: 120 mil são russos e 70 mil ucranianos.

As perdas russas registaram-se principalmente durante o inverno e a primavera, em e ao redor de Bakhmut.

Já a Ucrânia somou mais perdas na fase inicial da contraofensiva, em junho.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataques de drones russos fazem seis mortos e 16 feridos na Ucrânia

Maior hospital pediátrico de Kiev alvo de ataque russo

Rússia bombardeia Kiev: pelo menos 17 mortos e cerca de 50 feridos