EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Crise migratória: Sul da Europa quer resposta "unida" e mais esforços da UE

Líderes na cimeira de Malta
Líderes na cimeira de Malta Direitos de autor Rene Rossignaud/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Rene Rossignaud/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Líderes dos países do sul da Europa reunidos em Malta pedem "aumento significativo dos esforços da UE" face à crise migratória no Mediterrâneo

PUBLICIDADE

Os líderes reunidos na capital de Malta para a Cimeira dos Países do Sul da União Europeia apelaram a uma resposta "unida" e "estrutural" face à crise migratória. 

Portugal, Espanha, Itália, França, Chipre, Malta, Grécia, Croácia e Eslovénia defenderam "um aumento significativo dos esforços da União Europeia" e um aprofundamento da parceria com o continente africano para combater as arriscadas travessias do Mediterrâneo e assegurar uma "gestão sustentável" das migrações. 

Só em junho e agosto, pelo menos 990 migrantes perderam a vida no Mediterrâneo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Fórmula de paz para a Ucrânia debatida em Malta, do encontro sai "declaração de base unificadora"

Reunião do EuroMed 9 sem progressos sobre a imigração

Meloni visita a Albânia com crise das migrações no topo da agenda