EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Três mortos e vários feridos, vítimas de bombardeamentos russos em Kherson

Cratera provocada por bombardeamento russo em Kherson, Ucrânia
Cratera provocada por bombardeamento russo em Kherson, Ucrânia Direitos de autor Efrem Lukatsky/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Efrem Lukatsky/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Rússia ataca diariamente zonas habitadas na margem ocidental do último troço do rio Dnieper, que divide a província de Kherson em duas.

PUBLICIDADE

Um bombardeamento russo matou um civil nas imediações de Kherson, no sul da Ucrânia, depois de outros ataques terem matado duas pessoas nas ruas da cidade controlada pelo governo de Kiev.

De acordo com Roman Mrochko, chefe da administração militar local, a vítima é um homem de 64 anos que foi atingido por fogo russo na aldeia de Antonivka, perto de Kherson.

O ataque russo ocorreu ao final da manhã e danificou duas casas e uma conduta de gás.

Três outras pessoas de 61, 51 e 46 anos ficaram feridas na segunda-feira em bombardeamentos russos na parte da província de Kherson controlada pelo governo de Kiev.

A Rússia ataca diariamente zonas habitadas na margem ocidental do último troço do rio Dnieper, que divide a província de Kherson em duas. A Ucrânia controla a margem ocidental, enquanto a Rússia ocupa a maior parte do restante território na margem oriental do rio.

O presidente ucraniano, Volodymry Zelenskyy condenou os "ataques brutais" da Rússia a Kherson no seu discurso à nação na noite de segunda-feira.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Vaga de bombardeamentos russos na região de Kherson, na Ucrânia

UE e NATO estão a sentir fadiga em relação à guerra na Ucrânia?

UE já prepara reconstrução sustentável da Ucrânia pós-guerra