Comissão eleitoral russa aprova dois candidatos para enfrentarem Putin nas presidenciais

Aprovados candidatos que vão defrontar Putin nas eleições
Aprovados candidatos que vão defrontar Putin nas eleições Direitos de autor Alexander Zemlianichenko/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A comissão eleitoral da Rússia deu luz verde às candidaturas de Leonid Slutsky e Vladislav Davankov, que não representam quaisquer riscos para a reeleição de Vladimir Putin.

PUBLICIDADE

A comissão de eleições da Rússia deu aval aos primeiros dois candidatos que irão candidatar-se contra Vladimir Putin nas eleições presidenciais do próximo mês de março.

A comissão aprovou as candidaturas do nacionalista Leonid Slutsky, do Partido Liberal Democrata, e de Vladislav Davankov, do partido liberal Novo Povo..

Nenhum dos candidatos coloca qualquer risco para a reeleição de Vladimir Putin, que domina a política russa desde que chegou pela primeira vez ao Kremlin, em 2000. Os partidos de ambos os candidatos agora aprovados têm apoiado no parlamento a legislação levada a votação pelo partido do presidente, o Rússia Unida. E Slutsky, que lidera a comissão de Negócios Estrangeiros da câmara baixa do parlamento russo, tem sido um proeminente apoiante da política externa do Kremlin.

Dankov, por sua vez, é vice-presidente da câmara baixa do parlamento russo.

O Partido Comunista russo, segunda maior força eleitoral depois do partido Rússia Unida de Putin, designou como candidato Nikolai Kharitonov, mas a comissão eleitoral de Moscovo ainda não deu aval à candidatura. Kharitonov é um veterano dos comunistas e já foi candidato em 2004, tendo então obtido o segundo lugar, com 13,7% dos votos.

Recorde-se que a candidatura presidencial da jornalista Yekaterina Duntsova, que defende a paz na Ucrânia, foi rejeitada em dezembro pela comissão de eleições russa, que alegou que havia erros nos documentos da candidata presidencial. O Supremo Tribunal russo indeferiu o recurso apresentado entretanto por Duntsova.

Pelo menos 29 pessoas apresentaram candidaturas às próximas presidenciais russas, necessitando da aprovação da comissão eleitoral para poderem constar nos boletins de voto.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Cinco crianças entre os 11 mortos em ataque russo à região de Donetsk

Forças ucranianas lançam novos ataques a alvos russos na Crimeia e em Belgorod

Sérvia: cidadã russa é declarada ameaça nacional