Primeiro encontro de Papa Francisco com Milei marcado com um efusivo abraço

Primeiro encontro do Papa Francisco com Milei ficou marcado por um abraço
Primeiro encontro do Papa Francisco com Milei ficou marcado por um abraço Direitos de autor Vatican Media/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O presidente da Argentina, Javier Milei, assistiu à missa no Vaticano para a canonização da Mama Antula.

PUBLICIDADE

O Papa Francisco e o presidente da Argentina, Javier Milei, abraçaram-se efusivamente no domingo na Basílica de São Pedro, no Vaticano, durante a missa de canonização da primeira santa argentina, Mama Antula.

A cerimónia marcou o primeiro encontro entre o Papa argentino e Milei, que no passado apelidou Francisco de "imbecil" por defender a justiça social. O presidente, que se sentou à direita do pontífice ao lado do altar principal durante toda a missa, inclinou-se e abraçou o Papa quando este foi levado até ele de cadeira de rodas. Milei publicou o momento do abraço nas redes sociais, escrevendo: "Muchas gracias...!!!".

Durante a sua campanha eleitoral, Milei descreveu Francisco como um "imbecil" e "o representante da maldade na terra". Mais tarde, Milei retratou-se. Francisco conversou com Milei, após a sua eleição em dezembro do ano passado, e disse que o tinha perdoado pela sua retórica de campanha. Francisco referiu, ainda, que planeia visitar a Argentina no final deste ano, naquela que seria a sua primeira viagem ao país desde que se tornou Papa em 2013.

Depois de chegar a Roma na sexta-feira vindo de Israel, onde Milei anunciou a transferência da embaixada argentina para Jerusalém, o presidente visitou o Coliseu e a igreja que abriga uma das esculturas mais conhecidas de Michelangelo: um Moisés sentado. 

Numa publicação no Instagram, que mostra Milei a olhar para a escultura de Michelangelo, o presidente escreveu o lema a que recorre frequentemente: "Viva a liberdade, caramba!!!".

Na próxima segunda-feira, Milei vai encontrar-se novamente com o Papa, bem como com o presidente de Itália, Sergio Mattarella, e a primeira-ministra do país, Giorgia Meloni.

Quem foi Mama Antula?

Mama Antula foi uma leiga do século XVIII, que cuidou dos pobres e que ajudou a manter viva a espiritualidade jesuíta na Argentina, após a supressão da ordem religiosa à qual pertencia o Papa.

De nome verdadeiro María Antonia de Paz y Figueroa, Mama Antula é uma figura muito acarinhada pelos argentinos, dado que deixou para trás uma vida de privilégios para difundir a espiritualidade inaciana na Argentina, depois da expulsão dos jesuítas das colónias espanholas. 

A santa é principalmente considerada pelas mulheres argentinas como um modelo de força e independência, numa altura em que as opções de vida das mulheres incluíam o casamento ou a entrada num convento.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Papa Francisco reitera apelos à paz na Ucrânia e no Médio Oriente no primeiro Angelus do ano

Argentina fora dos BRICS por decisão de Milei

Manifestação contra Javier Milei reprimida pela polícia argentina