EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Hora do crepúsculo para o Pacto Ecológico Europeu?

Hora do crepúsculo para o Pacto Ecológico Europeu?
Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  Julian GOMEZ
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O que é o Pacto Ecológico e quais as principais críticas? O nosso repórter Julián López deslocou-se a dois países onde o debate é mais aceso - Chéquia e Irlanda.

PUBLICIDADE

Defendido por uns, criticado por outros, incompreendido por muitos, o Pacto Ecológico Europeu da luta contra as alterações climáticas gerou um debate aceso em toda a União Europeia nos últimos meses. As eleições europeias deram um novo impulso à polémica.

O que é e quais as principais críticas? O nosso repórter Julián López Gómez deslocou-se a dois países onde o debate é mais aceso.

O Pacto Ecológico, ou Pacto Verde, é um conjunto de iniciativas políticas que visa tornar a UE neutra em termos de carbono e atingir emissões líquidas nulas de gases com efeito de estufa até 2050. A sua aplicação efetiva está a revelar-se complicada em diferentes setores económicos.

Na Chéquia, as principais preocupações vêm da indústria. O Governo checo quer reduzir as emissões de gases com efeito de estufa em 30% até 2030. Algumas grandes siderurgias dizem que já estão a trabalhar nesse sentido. Mas outras estão a ter dificuldades.

"A política do Pacto Verde afeta negativamente a nossa atividade, especialmente a nossa competitividade, porque estes regulamentos não existem fora da UE. É uma questão de definição de políticas. Se e como as autoridades checas e europeias querem ou não que a indústria exista", afirma Jaroslav Seifrt, diretor executivo de uma PME que produz anualmente 50 000 toneladas de artigos de cristal da Boémia.

Indústrias como o tradicional cristal da Boémia são afetadas pelo Pacto Ecológico Europeu
Indústrias como o tradicional cristal da Boémia são afetadas pelo Pacto Ecológico EuropeuEuronews

Os custos sociais associados ao Pacto Ecológico parecem atormentar um país que tem sofrido um declínio constante no seu tecido industrial.

Os trabalhadores receiam vir a pagar um preço elevado pela falta de preparação para esta transição ecológica. Se a Europa fosse um planeta à parte no Sistema Solar, seríamos definitivamente a favor dele", afirma Peter Zegzulka, dirigente sindical do setor siderúrgico. "Mas, infelizmente, a Europa emite cerca de 8% do total das emissões mundiais por ano. Assim, se as emissões na Europa fossem reduzidas em 50%, onde é que os restantes 96% seriam reduzidos?", pergunta.

Os trabalhadores checos querem políticas do Pacto Verde que mantenham a produção e o emprego. Entretanto, as ONG interrogam-se sobre a forma de garantir que a sua aplicação é socialmente justa.

Agricultores irlandeses queixam-se do peso que o Pacto Ecológico coloca sobre o setor
Agricultores irlandeses queixam-se do peso que o Pacto Ecológico coloca sobre o setorEuronews

Entretanto, na Irlanda, o debate está a centrar-se sobretudo na agricultura. O governo pediu ao sector que reduza as suas emissões de gases com efeito de estufa em 25% até 2030. Os agricultores receiam que a única forma de atingir esse objetivo seja abatendo os seus rebanhos ou manadas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Civis da Estónia treinam guerra de trincheiras com soldados franceses da NATO

Polónia quer estar pronta caso haja um ataque da Rússia e pede à UE para dar mais armas à Ucrânia

O futuro da Europa: dos combustíveis fósseis à dependência dos metais?