Elon Musk diz que Neuralink implantou chip cerebral "com sucesso"

Elon Musk
Elon Musk Direitos de autor Leon Neal/Pool Photo via AP
De  Pascale Davies
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

"O primeiro humano recebeu ontem um implante da Neuralink e está a recuperar bem", escreveu Musk na sua plataforma X (ex-Twitter).

PUBLICIDADE

Elon Musk revelou que a sua empresa Neuralink implantou com sucesso um dos seus chips num cérebro humano.

Numa publicação na rede social X esta segunda-feira, o multimilionário disse que o paciente está a recuperar bem após a cirurgia de domingo e que os resultados iniciais mostram uma deteção promissora de picos de neurónios.

O objetivo da Neuralink é ligar os cérebros humanos aos computadores e ajudar a combater as doenças neurológicas e "desbloquear o potencial humano de amanhã", diz no site da empresa.

Este marco inicia o percurso da empresa numa eventual utilização comercial.

A Food and Drug Administration, entidade reguladora do setor médico nos EUA, aprovou o primeiro ensaio da Neuralink em maio do ano passado.

O procedimento implica a inserção de 64 fios flexíveis numa parte do cérebro que controla a intenção de movimento, tão finos que têm de ser implantados por um robô. 

Os fios permitem então que o implante registe e transmita os sinais cerebrais a uma aplicação, que descodifica a forma como a pessoa decide mover-se. O implante é alimentado por uma bateria que pode ser carregada sem fios.

Musk acrescentou no X que o primeiro produto da Neuralink se chamaria Telepathy.

Segundo Musk, o Telepathy permite "controlar o telemóvel ou o computador e, através deles, quase todos os dispositivos, apenas com o pensamento" e que "os primeiros utilizadores serão aqueles que perderam o uso dos seus membros".

"Imaginem se Stephen Hawking pudesse comunicar mais depressa do que um datilógrafo ou um leiloeiro. É esse o objetivo", acrescentou.

A Neuralink não é a primeira empresa a implantar chips cerebrais. Outra empresa de tecnologia dos EUA, a Blackrock Neurotech, começou a implantar interfaces cérebro-computador em 2004.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Quem ultrapassou Elon Musk como a pessoa mais rica do mundo?

Tribunal sueco dá razão à Tesla em processo contra o Estado

Empresa de Musk tem "luz verde" para testar implantes em humanos