Vídeo

euronews_icons_loading
Fugir sem parar para não morrer

Ucranianos continuam a fugir para a Polónia

Centenas de refugiados esperavam em Medyka, depois de atravessarem a Polónia, para continuarem a sua viagem, com a invasão da Rússia a empurrar mais de 1,7 milhões de pessoas através das fronteiras da Ucrânia. Enquanto uma centena de refugiados ucranianos, na sua maioria mulheres e crianças, enchiam um comboio que se dirigia para Varsóvia a partir da cidade fronteiriça polaca de Przemysl.