Última hora

Manifestações por Steve Caniço degeneram em violência

Manifestações por Steve Caniço degeneram em violência
Tamanho do texto Aa Aa

Em Nantes, as manifestações contra a violência policial, depois da morte do jovem lusodescendente Steve Maia Caniço degeneraram em confrontos. A polícia deteve 42 pessoas, depois dos excessos cometidos por alguns grupos que se juntaram ao protesto. As forças da ordem usaram gás lacrimogéneo e canhões de água para dispersar a multidão.

O que tinha inicialmente sido planeado como uma homenagem ao jovem morto transformou-se numa manifestação que chegou a juntar 1700 pessoas na cidade francesa onde Steve se terá afogado, depois de um concerto no âmbito da festa da música, na madrugada de 21 para 22 de junho. O jovem foi dado como desaparecido depois de uma carga policial que levou várias pessoas a atirar-se para o rio Loire e o corpo foi encontrado na semana passada.

A família de Steve Maia Caniço distanciou-se da violência que acompanhou as manifestações e pediu que o jovem fosse lembrado através de ações de apoio "amigáveis, artísticas e pacíficas", segundo a advogada Cécile de Oliveira, em declarações à agência France-Presse.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.