EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Espanha acusada de não respeitar Convenção da Água com Portugal

Espanha acusada de não respeitar Convenção da Água com Portugal
Direitos de autor 
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Movimento PróTejo insiste que Espanha não cumpriu níveis estabelecidos na Convenção de Albufeira, mesmo depois de Agência de Proteção do Ambiente negar.

PUBLICIDADE

Água, fonte de vida. O rio Tejo é o maior de Portugal e o mais extenso da Península Ibérica, nasce em Espanha e desagua em Lisboa. Mas o caudal do lado português estará ameaçado. A Associação ProTejo garante que no último ano, Espanha não cumpriu a convenção assinada entre Madrid e Lisboa.

"Nos primeiros meses do ano até julho enviaram caudais baixos, caudais pouco significativos, muito irregulares, algumas vezes quase sem caudal e depois nos meses de agosto e setembro, principalmente no de setembro, enviaram um terço da água do que estava prevista de caudal anual mínimo fixado na convenção de albufeira", explica Paulo Constantino, do Movimento ProTejo.

A Agência Portuguesa do Ambiente nega, garante que o caudal está ser cumprido nos valores anuais, trimestrais e semanais.

A ProTejo insiste que Espanha não cumpriu, em beneficio em especial de barragens hidroelétricas e acrescenta que a elevada irregularidade dos caudais afetou diretamente ecossistemas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Seca ameaça um em quatro habitantes do Planeta

Caudal do Tejo com níveis preocupantes

Incêndios: Calamidade Pública a norte do Tejo